Menu
RSS


"Amigos Amigos, Telemóveis à Parte": a fábrica dos remakes

Na abertura da mais recente Cine Fiesta em Lisboa, o filme de abertura era o novo filme de Àlex de la Iglesia, Perfectos desconocidos. O filme é um remake do sucesso italiano Perfetti sconosciuti (Amigos Amigos, Telemóveis à Parte), estreado em Portugal em 2017 depois de uma passagem pela Festa do Cinema Italiano.

Na verdade, a história de um grupo de amigos que descobre segredos e mentiras uns dos outros durante um jantar - após decidirem fazer um jogo com os seus telemóveis - já teve até um remake não oficial na Índia, mas prepara-se para ter versões locais em diversos paises, como Alemanha, Suécia, Grécia, Turquia, Qatar, França e ... eventualmente nos EUA. A questão americana é o caso mais bicudo, já que os direitos de refilmar a obra foram adquiridos pelo produtor caído em desgraça Harvey Weinstein. Com a falência da sua Weinstein Co., fica-se sem saber o futuro do filme.

E se na Turquia o prestigiado Ferzan Özpetek - que já esteve em competição em algumas secções do Festival de Berlim e Cannes- vai assumir o remake local, em França o trabalho caberá a Fred Cavayé, cineasta mais habituado a thrillers mas que já tem na bagagem das comédias o filme de Dany Boon, Radin! (Rico Sovina)Le Jeu (assim será o seu título Francês) chega aos cinemas gauleses este ano. 

Resta agora saber que mais países vão adaptar a obra italiana, um tremendo sucesso na exportação do seu conceito.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos