Menu
RSS


Vincent Gallo fala de "The Brown Bunny", Roger Ebert, Donald Trump e Harvey Weinstein

Numa carta aberta na revista Another Man, o ator e realizador Vincent Gallo mostra a sua visão sobre diversos eventos e momentos da sua carreira, bem como critica e ataca diversas personalidades, como Mark Zuckerberg, Harvey Weinstein, Rose McGowan e Roger Ebert - a quem acusa de ser o responsável por Brown Bunny ter sido massacrado pela imprensa no Festival de Cannes.

Gallo teve ainda tempo para afirmar que é a favor da equidade, não da igualdade, e vangloriar Donald Trump. Vamos por partes…

 

Roger Ebert Vs Brown Bunny

Na sua cobertura do Festival de Cannes em 2003, Roger Ebert notoriamente criticou Brown Bunny, apelidando-o mesmo de "pior filme da história" do festival.

De acordo com Gallo, a forma inapropriada como Ebert se comportou durante a exibição de Cannes afetou toda a reação do festival ao filme, tendo o falecido crítico supostamente começado a “gritar” em voz alta na sala de projeção nos primeiros 20 minutos do filme.

Mais, segundo o realizador, os problemas começaram logo em meros seis segundos: “uma variedade barulhenta de vaias, assobios, risos, escárnios e gritos de “narcisista"abafaram a banda sonora na abertura do filme. Algo estava errado.

Já sobre a forma como Ebert alterou a sua postura em relação à obra, após uma reedição da versão que passou no Festival, Gallo afirma que isso é tão improvável como uma mentira descarada. "A verdade é que, diferentemente das muitas alegações de que o filme inacabado exibido em Cannes seria 24 minutos mais curto do que o filme finalizado, foi apenas 8 minutos mais curto. (...) os cortes que fiz para terminar o filme depois de Cannes não foram muitos (...) Se você não gostou do filme inacabado em Cannes, não gostaria do filme finalizado e vice-versa. Roger Ebert inventou a sua história e a sua premissa porque depois de chamar o meu filme literalmente do pior já feito, finalmente percebeu que não era do seu interesse ficar preso àquele mantra."

 

O Sexo de Brown Bunny

O realizador falou da famosa cena de sexo explicito com Chloe Sevigny, alguém que ele respeita profundamente e é “muito especial”. Gallo insinua mesmo, referindo uma conversa com Sean Penn, que se o nome de Sevigny estivesse no lugar do dele na realização de Brown Bunny, o filme tinha ganho a Palma de Ouro.

Sobre a cena, Gallo diz que estava interessado numa personagem que mesmo durante o sexo não conseguia deixar de pensar e ter apenas sexo. "Em vez disso, enquanto faz sexo (...) os seus pensamentos estão longe de emoções de prazer. Esse comportamento estranho, justaposto ao sexo real gráfico, é perturbador."

Prosseguindo, diz que "o objetivo comum da pornografia é aumentar o prazer sexual ou a fantasia sexual. (...) Eu escolhi usar imagens comuns da pornografia, mas coloquei essas imagens no contexto emocional que incluía intensa culpa, raiva, arrependimento, angústia e confusão. Nesse contexto, é difícil as imagens aumentarem o prazer sexual ou a fantasia sexual. Em vez disso, as imagens gráficas funcionam melhor para aumentar o desconforto da intimidade", diz Gallo, acrescentando que "Brown Bunny não é um ataque ao feminismo ou um comentário sexista sobre a crescente demanda da mulher contemporânea pela satisfação sexual. Em vez disso, é simplesmente um lembrar a natureza corrompida dos homens quando têm contato com uma mulher pouco discreta."

 

Christina Ricci

Sobre a atriz com quem trabalhou em Bufallo 66, Gallo diz: "Eu guardo rancor às vezes e tive um pouco com a Christina por razões que posso ter exagerado. Insultei-a na brincadeira um dia com um amigo e um escritor de fofocas sorrateiramente ouviu. A Christina e eu não nos falamos desde então. Há muitas pessoas de quem não gosto e não tenho problema em dizer [ quem são]. Christina não é uma delas."

 

Harvey Weinstein Vs Asia Argento e Rose McGowan

Gallo diz que Harvey "é um porco brutal" mas que não lhe agrada nada glorificar Asia Argento e Rose McGowan por agora terem falado sobre ele. Sobre a última, Gallo questiona porque não falou ela na altura e porque se calou e recebeu 100 mil dólares - dando a entender que ela poderia ter evitado muitas outras situações e casos de abuso sexual executados por Harvey.

Já sobre Asia, de quem nunca esteve noivo, como se disse na época, Gallo afirma que chegou a ameaçar o Weinstein e que tem a certeza que este fez de tudo para marginalizar o seu trabalho e as suas oportunidades no cinema.

 

Feministas

"A tribo feminista escolhe estranhas heroínas. Hillary Clinton. O feminismo deveria ser uma luta pela equidade. Em vez disso, a luta é apenas para controlar o resultado. E quando as feministas não gostam de resultados, elas assumem que algo é injusto. Como tolas. A maior parte da esquerda funciona da mesma maneira."

 Image result for vincent gallo c7nema

Donald Trump

"Gosto muito de Donald Trump e estou extremamente orgulhoso por ele ser o presidente americano. Desculpe-me se isso te ofende."

"Felizmente, neste dias, Donald Trump, pelo menos, criou algumas dúvidas sobre tudo relacionado à imprensa. Em 2003, eu era o Donald Trump de Cannes e tudo o que eu dizia ou fazia era distorcido e filtrado pelos bárbaros tablóides que tentavam passar por jornalistas e críticos." 

Eu não sou um provocador....Vincent Gallo

  

A juventude de Nova Iorque e da Califórnia

"Hoje, os jovens das grandes cidades de Nova Iorque e da Califórnia fazem parte de um consenso ideológico social semelhante e todos pensam da mesma maneira. Eles são altamente motivados em seu raciocínio ideológico e são intolerantes. (...) Eles devem votar o mesmo e defender a mesma ideologia como zombies. Qualquer um que discorde só pode ser maldoso, estúpido e estar errado."

 

Outras frases memoráveis

"Ei, Mark Zuckerberg, Sheryl Sandberg e David Wehner, por favor, deitem-se e morram."

"Quentin Tarantino, desculpe eu gozar consigo todos estes anos. Você é único. Você é ótimo. Paz."

"As razões pelas quais faço as coisas são difíceis de entender e difíceis de explicar."

"Eu não estou realmente no Goodfellas. Eu sou um figurante glorificado nesse filme. Sempre que alguém escreve sobre mim e inclui os Goodfellas na minha lista de créditos, sei que são uns preguiçosos, desinteressados e não gostam de filmes."



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos