Menu
RSS

 



Morreu Margot Kidder (1948–2018), a Lois Lane da saga Super-Homem

A atriz Margot Kidder, mais conhecida por interpretar o papel de Lois Lane ao lado de Christopher Reeve nos filmes da saga Superman (Super-Homem), morreu este domingo, 13 de maio. Tinha 69 anos.

Nascida no Canadá, Kidder começou a sua carreira em filmes canadianos de baixo orçamento e programas de TV antes de conseguir um papel de maior relevo em Quackser Fortune Has a Cousin in the Bronx, um filme de 1970 onde contracenava com Gene Wilder. Posteriormente, a atriz participou em Sisters (1973), Férias Assombradas (1974), O Grande Circo (1975) e Super-Homem: O Filme (1978).

Foi com A Quiet Day in Belfast (1974) e Black Christmas (1974) que ganhou dois prémios do cinema do Canadá, mas foi com  Amityville - A Mansão do Diabo (1979) que foi nomeada a pior atriz nos The Stinkers Bad Movie Awards, uma espécie de Razzies que foram entregues de 1978 até 2006 em Los Angeles.

Amityville - A Mansão do Diabo

Nos anos 80, a sua carreira avançou principalmente pela linhagem dos filmes em torno do Super-Homem (Superman II , 1980; Superman III, 1983; Super-Homem IV: Em Busca da Paz , 1987) e já nos anos 90 foi diagnosticada com distúrbio bipolar, sofrendo alguns dissabores no seu percurso logo após um colapso nervoso em público em 1996.

Ativista até aos últimos dias da sua vida, Kidder chegou mesmo a ser detida em 2011 durante um protesto contra a construção de um oleoduto de Alberta até ao Texas. A Guerra do Iraque também esteve na sua mira, contando-se no seu curriculum dezenas de participações em pequenos papéis em inúmeros filmes e séries desde os anos 2000, como Smallville, Irmãos e Irmãs, Lei & Ordem: Unidade Especial, A Letra L.

Em 2015 ganhou um Emmy pela sua participação num programa infantil, R.L. Stine's The Haunting Hour, e em 2017, no filme The Neighborhood, teve a sua última prestação no cinema.

Figura polémica nos últimos anos, Kidder foi fortemente crítica da nova versão de Super-Homem assinada por Zac Snyder (Homem de Aço), definindo que os filmes protagonizados por Christopher Reeves eram melhor escritos e realizados, e que a Lois Lane protagonizada por Amy Adams era verdadeiramente "estúpida".



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos