Menu
RSS

 



Sharon Stone defende James Franco das acusações de assédio sexual

Numa conversa no podcast "WTF" de Marc Maron, a atriz Sharon Stone deu a entender que não acredita em todas as acusações de má conduta sexual contra James Franco, referindo-se particularmente a uma delas, a da então namorada do ator na época, Violet Paley. "Estou consternada com o que está acontecendo com o [Franco]", disse Stone, acrescentando que depois das palavras dela James "Franco passou a ser visto como um mau tipo".

Recorde-se que Paley usou as redes sociais para acusar Franco de a ter pressionado a fazer sexo oral num carro quando estavam envolvidos numa relação (mas nunca tinham ainda tido esse tipo de sexo). Segundo Stone, essa situação não se insere no chamado assédio sexual, reconhecendo sim que é uma atitude estúpida e inadequada: "Você sai com eles [homens], eles trazem-na a casa para conseguirem um beijo de fim de noite e colocam a sua mão no pénis deles. Não acho que estão a tentar me assediar sexualmente, acho que estão apenas a ser incrivelmente estúpidos e estranhos". 

Nesses casos, Stone disse que as mulheres não deveriam acusar os homens de assédio mas, em vez disso, deveriam dizer-lhes: "Por favor, nunca mais me telefone".

Descrevendo o ator como o "homem mais amável, gentil, doce, elegante e amável", Stone mostra-se preocupada com toda a situação e teme que o futuro de Franco esteja em risco.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos