Menu
RSS

 



Mark Wahlberg doa 1,5 milhões de dólares em nome de Michelle Williams ao movimento Time's Up

Mark Wahlberg e sua agência, a William Morris Endeavor (WME), doaram - de forma combinada - 2 milhões de dólares, em nome de Michelle Williams, ao movimento de defesa legal Time's Up.

Esta doação vem no seguimento de relatos que apontavam que o ator teria recebido 1,5 milhões de dólares pelas refilmagens que All The Money In The World (Todo o dinheiro do mundo) necessitou após a substituição de Kevin Spacey por Christopher Plummer. 

"Nos últimos dias, o meu pagamento em All The Money In The World tornou-se um tópico importante de conversa", afirmou Wahlberg num comunicado. "Apoio a 100% a luta pelos salários justos e vou doar 1,5 milhões de dólares ao Time's Up Legal Defence Fund em nome de Michelle Williams". A WME, que também representa Williams, fez uma doação de 500 mil dólares.

Recorde-se que em novembro passado, Ridley Scott afirmou em entrevista ao USA Today que todos os atores envolvidos nas refilmagens abdicaram da remuneração, mas um artigo do mesmo jornal dava conta que Walhberg recebera 1,5 milhões de dólares para refazer as cenas, enquanto Williams havia recebido menos de mil dólares, o equivalente ao pagamento mínimo que o Sindicato dos Atores obriga, na casa dos 80 dólares diários. 

Segundo o USA Today, Williams não foi informada sobre o salário de Walhberg quando concordou em fazer o trabalho extra pelo valor mínimo. Já o TMZ diz que o próprio Scott não teria noção que o contrato de Wahlberg incluia uma clausula que permitia ao ator aceitar ou vetar nomes do elenco. Quando Plummer surgiu em cena, Wahlberg terá pedido - segundo o USA Today - esse dinheiro para aceitar a troca de Spacey e refilmar as 22 cenas em que a personagem de John Paul Getty III surgia.

Em All The Money In The World seguimos o famoso sequestro de John Paul Getty III (Charlie Plummer) e as tentativas desesperadas da sua mãe, a ex-atriz Gail Harris (Williams), para conseguir que o avô (Christopher Plummer) do rapaz pagasse o resgate. 



Deixe um comentário

voltar ao topo

Secções

Contactos

Quem Somos

Segue-nos