Menu
RSS


Luc Besson exclui Vladimir Putin de filme sobre a tragédia do Kursk

Segundo o The Hollywood Reporter, Luc Besson tomou a decisão de não incluir uma personagem a retratar o presidente russo Vladimir Putin no seu projeto sobre a tragédia do Kursk.

Putin, que na altura estava à frente do do governo russo há três meses, foi uma figura importante no caso, até porque teria uma grande empatia com as vítimas devido ao passado do seu pai, também ele ligado ao mundo militar e à frota de submarinos na década de 1930. A intenção inicial dos escritores de Kursk seria mostrar o lado mais humano do líder russo, embora toda a questão ganhasse contornos políticos problemáticos.

Com a assinatura de Thomas Vinterberg, o realizador de A Festa (1998) e The Hunt – A Caça (2012), o projeto cinematográfico acompanha o submarino nuclear pertencente à Marinha Russa que, durante exercícios militares, se afundou no Mar de Barents, a a 12 de agosto de 2000, com uma tripulação de 118 homens a bordo. Segundo os relatos, duas explosões, com intervalo de dois minutos entre cada, lançaram o submarino e todos os seus tripulantes para o fundo do mar. Ao todo, cerca de 95 pessoas tiveram morte imediata, enquanto os restantes 23 marinheiros resistiram às explosões e refugiaram-se, sobrevivendo durante mais oito horas. E embora noruegueses e britânicos terem oferecido ajuda nesse mesmo dia para resgatar os sobreviventes, essa ação só foi aceite pelo governo Russo quatro dias depois da tragédia. A justificação apresentada foi a necessidade de se preservarem os segredos militares do submarino.

Embora Besson diga que o filme vai-se focar mais no salvamento do que nos aspetos políticos da questão, há quem diga que esta opção, a um mês do início das filmagens, é uma tentativa de evitar qualquer tipo de conflito com as autoridades russas.

A francesa Léa Seydoux (Spectre; A Vida de Adèle), o britânico Colin Firth (Kingsman) e o belga Matthias Schoenaerts (Ferrugem e Osso) são alguns dos atores que fazem parte do elenco. 

O guião de Kursk foi escrito pelo autor de O Resgate do Soldado Ryan, Robert Rodat, o qual se baseou em A Time to Die, um livro de Robert Moore.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos