Menu
RSS

 



Faro ri com a «Malapata» de Diogo Morgado

Um mar de gente. Esta é a nossa primeira reação, chegados ao Teatro das Figuras, em Faro, espaço onde decorreu a antestreia do filme no Algarve.

Entre outros convidados, a antestreia de Malapata contou com a especial presença dos atores (com exceção de Marco Horácio, Manuel Marques e Luís de Matos), equipa de realização (Newlight Picture - produtora audiovisual, sediada no Algarve, reconhecida na produção de cinema independente e publicidade) e Rogério Bacalhau, Presidente da Câmara Municipal de Faro.

Embora se esperasse por uma introdução do realizador – especialmente porque foi a estreia de Diogo Morgado na realização de longas-metragens -, foi dado início à sessão já bem depois da hora agendada.

O melhor desta antestreia foi, de facto, ouvir do início ao fim o riso do público. Não se vislumbrou qualquer momento de aborrecimento ou "menos bom" entre os espectadores. Tudo pareceu contagiado com a leveza e humor do filme – e tão natural do nosso já conhecido Rui Unas, o responsável pelas maiores gargalhadas da sessão.

Foi já no final do visionamento que se ouviram as palavras de Diogo Morgado e Rogério Bacalhau: acima de tudo, queixas e mais queixas.

Novamente perante o nosso já acostumado queixume português ou da falta de apoio ao cinema português, do fazer omeletes sem ovos, da ausência de investimento, etc, a conclusão que se chega é: mesmo sem apoios em Portugal consegue-se (!) – mas é preciso contar com equipas dispostas a batalhar e claro, ter conhecimentos sociais e profissionais na indústria ajuda sempre.

Malapata estreia esta quinta-feira (16 de março) nos cinemas.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos