O urso Paddington provocou "uma guerra de 3 dias" na Rússia - C7nema
Menu
RSS

 



O urso Paddington provocou "uma guerra de 3 dias" na Rússia

Paddington 2 pode se ter tornado o filme "mais consensual da história" do Rotten Tomatoes, mas na Rússia criou uma verdadeira guerra entre os proprietários dos cinemas e o Ministério da Cultura. 

O filme tinha como data de estreia no território o passado dia 18 de janeiro, mas um dia antes, e após intervenção do Ministério da Cultura, a sua chegada as salas foi adiada para 1 de fevereiro. Segundo o ministério, a intenção era "proteger" um filme russo que estreava nesse mesmo dia: Skif (Scythian), um drama de aventuras. 

Vladimir Medinsky, o ministro, disse que a decisão foi tomada no interesse dos filmes russos e "não no interesse de Hollywood". Medinsky disse ainda que a sua decisão baseava-se em "números" e não "em emoções", como os distribuidores e proprietários dos cinemas na Rússia "pareciam reagir", acusando-os ainda de usar erradamente a expressão censura em qualquer situação.

Já os proprietários dos cinemas queixaram-se da interferência estatal no mercado: "Vocês e as vossas iniciativas transformaram um serviço comum do estado de emissão de licenças numa ferramenta de censura!", escreveu a associação que defende os donos dos cinemas russos no Facebook.

A guerra de palavras na imprensa, a pressão pública e um apelo oficial do primeiro-ministro Dmitry Medvedev, levou o Ministério da Cultura a recuar na sua decisão na sexta-feira passada (19/02). Paddington 2 estreou um dia depois, a dia 20 de janeiro.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos