Menu
RSS


«Touch me Not» conquista Festival de Berlim

O Urso de Ouro segue a todo o vapor para a Roménia com Touch me Not da realizadora Adina Pintilie. A vitória do filme, um falso-documentário que segue uma mulher que luta com questões de intimidade e aprende a sentir-se confortável com o seu corpo, apanhou a cineasta desprevenida, tendo ela afirmado que não esperava esta conquista. 

Já o grande prémio do júri foi para Twarz, enquanto o prémio Alfred Bauer coube a The Heiresses, filme que viu ainda Ana Brun receber o Urso de Prata para a Melhor Atriz. A fita da autoria de Marcelo Martinessi, que aborda um casal lésbico que enfrenta graves problemas financeiros, foi ainda o grande favorito da atribuição de prémios da FIPRESCI.

O júri liderado por Tom Tykwer premiou ainda Wes Anderson pela realização de Isle of Dogs e Manuel Alcalá e Alonso Ruizpalacios pelo guião de Museum.

O que parecia tornar-se tradição, a consecutiva conquista portuguesa na secção de curtas-metragens viu este ano interrompida. Tendo como Diogo Costa Amarante (vencedor do ano passado pela sua curta Cidade Pequena) integrado no júri, o prémio seguiu para o dinamarquês The Men Behind the Wall, de Ines Moldavsky.

 

Vencedores do Festival Internacional de Cinema de Berlim de 2018

Urso de Ouro para o melhor filme: "Touch Me Not", Adina Pintilie

Grande Prémio Júri (Urso de Prata): "Twarz", Małgorzata Szumowska

Prémio Alfred Bauer: "The Heiresses", Marcelo Martinessi

Urso de prata para o melhor diretor: Wes Anderson, "Isle of Dogs"

Urso de prata para a melhor atriz: Ana Brun, "The Heiresses"

Urso de prata para melhor ator: Anthony Bajon, "The Prayer"

Urso de prata para o melhor guião: Manuel Alcalá e Alonso Ruizpalacios, "Museum"

Urso de Prata para Contribuição Artística, Traje ou Design: Elena Okopnaya, "Dovlatov"

Prémio Audi de Curta-Metragem: "Solar Walk", Réka Bucsi

Prémio do Júri de Curta-Metragem: "Imfura," Samuel Ishimwe

Urso de Ouro para Melhor Curta-Metragem: "The Men Behind the Wall", Ines Moldavsky

Melhor primeiro filme: "Touch Me Not", Adina Pintilie

Berlinale Glashütte Original - Prémio Documentário: "The Waldheim Waltz", Ruth Beckermann



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos