Menu
RSS


«Delirium» por Jorge Pereira

Topher Grace e Patricia Clarkson entregam-nos este Delirium, um filme de horror assinado por Dennis Iliadis, responsável pelo interessante remake de Last House on the Left, e que conta com a produção da faz-tudo-no-horror Blumhouse.

Passando-se totalmente numa mansão, o filme segue Tom (Grace), um homem que herda a casa do seu pai falecido pouco depois de ser libertado de uma instituição mental, onde cumpria uma pena judicial. Convencido de que a casa é assombrada após uma série de ocorrências estranhas, Tom terá de lidar com o passado, com o presente e com os demónios dentro de si que o fazem constantemente alucinar e não ter a perceção do que é real ou imaginado.

Grace e Clarkson, esta no papel de uma agente de liberdade condicional, entregam prestações razoáveis, mas a previsibilidade, os lugares comuns e uma montagem atabalhoada que nunca é capaz de nos entregar um ritmo e suspense em contínuo transformam este num daqueles trabalhos que enchia os videoclubes de antigamente sem nunca passar pelos cinemas.

A realização de Martin é também ela derivativa, embora consiga produzir raros momentos de terror e sustos, especialmente na primeira parte, em que estamos perante o dilema do que é verdade ou imaginação. Quando isso se afasta, na segunda metade, e com a introdução pouco convincente de mais personagens, o filme perde estranhamente fôlego, interesse, e mesmo que os segredos do passado venham ao de cima, o guião mostra-se demasiado cliché e preguiçoso para entregar algo de verdadeiramente interessante ou distinto.


Jorge Pereira



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos