Menu
RSS

 



«Ella & Nell» por Jorge Pereira

O nome de Aline Chukwuedo provavelmente não diz nada ao público português, mas esta alemã que aprendeu carpintaria antes de seguir para os estudos de Literatura, Filosofia, e Cinema, já arrecadou o principal prémio internacional no Córtex- Festival de Curtas Metragens de Sintra. O filme em questão era Nach dem Spiel (2015), e a cineasta estreia-se agora na realização de longas-metragens com Ella & Nell, um trabalho sobre a amizade e a forma como a ligação entre duas pessoas se desgasta com o afastamento e as vivências próprias em separado.

Ella e Nell são amigas que após um longo período sem se verem voltam a aproximar-se. A forma desse reencontro é uma viagem até às montanhas na fronteira alemã com a República Checa, uma desculpa que serve mais de consolo para perceberem que o distanciamento teve uma razão de ser, não só pelas exigências familiares, o trabalho, mas também pelas formas diferentes como abordaram a vida, havendo ainda tempo para recalcamentos de situações passadas. As decisões foram tomadas, não houve imposições mais sim evoluções orgânicas.

É ao longo das caminhadas pelas montanhas em terrenos acidentados e intransponíveis que observamos que não estamos apenas a ver elementos geográficos e geomorfológicos. As barreiras e as diferentes rotas que ambas têm de ultrapassar são meras analogias aos problemas da sua amizade.

Chukwuedo filma tudo com bastante calma e de forma pausada, conseguindo no todo transmitir essa intransponibilidade natural ao espectador, mas fá-lo de uma maneira mecanizada e sem qualquer chama ou engenho fílmico, culminado numa catarse tíbia onde as batidas de 2002 de Ich Und Elain dos 2raumwohnung servem para dizer que o duo acabou onde tinha começado: longe da reaproximação, onde uma música que era sinónimo de festa, mais parece agora o tema da elegia do fim da sua amizade de outrora.


Jorge Pereira



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos