Menu
RSS


«13th» por André Gonçalves

A fragilidade da constituição da auto-proclamada "nação maior" do nosso planeta é dissecada em "13th", documentário bem posicionado de Ava DuVarney sobre o artigo 13º, aquele que serviu para abolir as formas de escravatura, criando nos tempos modernos novas escravaturas - sob um sistema prisional que serviu como estratégia de manutenção de uma economia, alimentada, é claro, por interesses económicos. O racismo, esse, persiste bem vivo, e prova disso é a violência contra os negros (muitas vezes exercida pelas próprias forças de controlo, i.e. os polícias) que conseguiu passar para a Europa através dos velhos e novos media. Mas não é só da violência física imediata que o filme fala. 

É uma tese social extraordinária - presa num documentário formatado, é certo - mas com justificação para ser vista, ouvida, analisada. A teoria válida de que o encarceramento em massa está intrinsecamente relacionado à segregação dos negros é expressa ao longo deste filme em gráficos e números surpreendentes até para quem se considera bem informado sobre o assunto. 

"13th" é assim um relato histórico de uma nação idiossincrática, que usa o já tradicional modelo de entrevista, fonte documental e jornalismo de dados como ferramentas de combate. É um filme assumidamente liberal e americano, feito para sensibilizar outros liberais e uns quantos indecisos (quiçá aqueles que deram a vitória a Trump nas presidenciais - embora o filme também explique a falta de confiança de muitos norte-americanos no clã Clinton... ), não haja dúvida. E que tem a vantagem extra de ser um objeto pessoal, feito por uma mulher negra, dando voz a minorias, no ecrã e fora deste ao longo de hora e meia, e mostrando-lhes novas formas de combate à discriminação.

Só por causa disto, torna-se um filme essencial, para "eles" e para "nós", sim. Para DuVarney, esta obra surge como uma expansão natural da ficção em factos reais de "Selma" sobre a célebre marcha organizada por Martin Luther King - uma expansão ambiciosa, se certinha. E é essa retidão que se pode apontar como factor menos positivo para nós que gostamos de ver histórias sobre subversão do sistema de um modo mais subversivo, lá está; por outro lado, se essa mesma retidão implicar uma audiência maior, uma valorização académica (adivinha-se este como um muito provável vencedor do Óscar para Melhor Documentário) e um consequente despertar para o que está à nossa volta, é uma troca justa. 

O melhor: o conteúdo. 

O pior: A forma não traz nada de novo ao género. 

André Gonçalves



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos