Menu
RSS


«The Ditch» (A Fossa) por Duarte Mata

 

Por fim estreiam, fora do circuito festivaleiro português, duas das maiores obras premiadas do cineasta chinês Wang Bing, conhecido documentarista com uma obra nem sempre consensual, mas importante no cinema contemporâneo. Curiosamente uma das selecionadas é justamente a única obra de ficção que fez, este A Fossa, baseado na vida dos prisioneiros de um campo de trabalhos forçados no meio do deserto, chamado Jiabiangou, onde eram colocados supostos "ativistas de direita" pelo governo maoista da época de 50.

O estilo de Bing é bastante autoral, entrelaçando planos gerais, imóveis e contendo a personagem enquadrada ao longe no ambiente, com a câmara manual que segue de perto a vida de cada um dos prisioneiros. Com isto o realizador estabelece também o percurso da imparcialidade dos que vêem ao longe à atribulação dos que vivem a miséria. Por isso, Wang Bing é o cineasta mais próximo de Pedro Costa, não na maneira de filmar (Costa é um artesão perfeccionista, ao passo que Bing é um aventureiro radical, filmando sempre sem o processo burocrático que o governo chinês impõe), mas sim na classe social que filma e do alerta das condições deploráveis dos que a humanidade esqueceu. A sucessão de planos é imprevisível e não se sabe se poderemos contar numa cena com monólogos niilistas das personagens alinhadas e expostas graças à enorme profundidade de campo ou impecáveis tracking shots pelo deserto.

No entanto, não deixa de se sentir como obra de alguma lassidão, com uma direcção de actores ainda muito verde, para além de o filme demorar a encontrar o seu rumo, ou antes, a história que quer contar: a primeira parte peca pelas sucessivas tentativas de chocar o espectador, parecendo olhar (esperemos que não) para os retratados como animais com todos os conceitos civilizacionais recalcados. Mas, percebem-se as intenções de Bing. Ratos e vómito como alimento, o canibalismo, uma mulher a desfazer com as mãos sepulturas em busca do seu marido... não, não é sadismo, antes a triste história que o mundo quer esconder e que cineastas como este impedem-no que isso aconteça.

O melhor: A imprevisibilidade da découpage.
O pior: A direcção por vezes frágil dos atores.


Duarte Mata 



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos