Menu
RSS


«Kidnapping Mr. Heineken» (O Rapto de Freddy Heineken) por Jorge Pereira

No espaço de 5 anos foram feitos dois filmes em torno do caso do rapto de Freddy Heineken, mas nenhum deles conseguiu fugir ao tom corriqueiro, genérico e até entediante, daquele género de obras que só os nos agarram mesmo quando nos plantamos no sofá num domingo à tarde (e nem está sol na rua).

O caso remonta a novembro de 1983, quando o dono da famosa empresa de cerveja e o seu motorista foram sequestrados por quatro homens que pediram uma enorme soma em dinheiro.

Este O Rapto de Freddy Heineken tenta contar todos os passos do caso, apresentando logo à partida as motivações dos criminosos (problemas financeiros, bebés a caminho), os preparativos para o rapto, o sequestro em si, a interação dos homens com os raptados, a fragilidade psicológica de todos, as dúvidas que surgem à medida que o tempo passa e, claro, o desenlace de tudo.

Sem qualquer tipo de surpresa para quem conhece o caso real, com uma realização genérica de Daniel Alfredson – responsável pelas duas sequelas nórdicas da saga Millennium (A Rapariga que Sonhava com uma Lata de Gasolina e um Fósforo,  A Rainha no Palácio das Correntes de Ar ) - e atores entregues a personagens superficiais sem carisma  [onde nem Anthony Hopkins escapa a uma presença em piloto automático], o filme cai ainda no erro de "americanizar" a ação, esquecendo que isto não aconteceu no Texas e que há especificidades locais terrivelmente descuradas [Baltasar Kormákur mostrou como se faz isso com o localizado Reykjavík Rotterdam e o remake mais universal, Contrabando].

O resultado final é um trabalho medíocre, raramente energético e essencialmente dispensável, sendo preferível até perder tempo com o livro do jornalista holandês Peter R. de Vries sobre o caso, que não é nenhuma obra prima mas serviu de fonte para os dois filmes executados.

O Melhor: Uma ou outra cena de ação mais conseguida
O Pior: Genérico, sem carisma, previsível e até enfadonho


Jorge Pereira



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos