Menu
RSS


«Nebraska» por André Gonçalves

Acredito que Alexander Payne goste mesmo da América que tanto retrata de forma tão cínica e de forma tão contínua, isso não está em causa.

Há no entanto que questionar, após uma sequência já longa de "filmes de estrada" (de About Schmidt a este, passaram-se quatro longas-metragens, caramba!), o que há mais para contar que não esteja já pisado e repisado. Não há nada aqui neste pedestre, se bem-intencionado Nebraska, sobre um velhote da terrinha que pensa ter ganho um milhão de dólares, que não tenha sido testemunhado em filmes anteriores, por muita humanidade que se queira aqui espelhar.

Tentei pensar um pouco no último filme de Payne (Os Descendentes) nas últimas horas, e confesso que o pouco que me reteve ao longo do último par de anos e um único visionamento, tirando o facto de George Clooney ter uma adolescente algo rebelde, e pelo meio aparecer uma zaragata/batatada familiar qualquer. Pois bem, aqui temos novamente zaragata, novamente envolvendo familiares algo pacóvios.

Apesar de tudo, Nebraska distancia-se um pouco mais pela positiva que os dois filmes anteriores do realizador e argumentista supostamente rebelde (já o foi, lembre-se Election e Citizen Ruth!) caído nas graças académicas. Primeiro pelo trabalho de cinematografia "à séria" - leia-se: a preto e branco - e depois porque há aqui uma personagem que calha ser o escape perfeito para o espectador mais cínico (ironia das ironias) com os procedimentos em redor, e que questiona ativamente a sanidade mental de toda a gente em redor - é precisamente a personagem da mulher de Woody, encarnada muitíssimo bem pela veterana June Squibb. É isto que vou reter quando estiver para me lembrar do filme daqui a uns 2 ou 3 anos. Chamem-me o cínico dos cínicos, mas mais uma vez - já a terceira consecutiva com o Sr. Payne - mantive a minha armadura emocional relativamente intacta.

Uma pena, porque em tempos fui mesmo fã deste homem. Agora, simplesmente moverei o seu próximo filme para um lugar menos prioritário na fila, independentemente de ser (ou sobretudo se for?) um dos nomeados ao Oscar para Melhor Filme...

 

O melhor: Kate Grant/June Squibb

O pior: O comodismo constante de Payne. 

 

André Gonçalves



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos