Menu
RSS


«Yama No Anata» e «Histórias que só existem quando lembradas» dominam no palmarés do Festival de Cinema Luso-Brasileiro

Yama_No_Anata.jpg

Terminou ontem o 15º Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira e o grande vencedor do evento foi a produção portuguesa «Yama No Anata»,  um trabalho de Aya Koretzky que já tinha sido consagrada no último doclisboa, e que arrecadou agora os prémios de Melhor Filme, o Prémio Revelação e o Prémio da Crítica.
 
Também com três prémios foi premiado «Histórias que só existem quando lembradas», que recebeu galardões por Melhor Actriz (Sônia Guedes), para além do Prémio dos Cineclubes e do Público.
 
Finalmente, uma nota para a vitória de Marat Descartes (Melhor Actor) pela sua prestação em «Trabalhar Cansa».
 
Aqui fica a lista dos vencedores: 


LONGAS METRAGENS

Melhor Filme – YAMA NO ANATA/PARA ALÉM DAS MONTANHAS Aya Koretzky [PT]
Melhor Actriz – Sônia Guedes em “HISTÓRIAS QUE SÓ EXISTEM QUANDO LEMBRADAS” [BR]
Melhor Actor – Marat Descartes em “TRABALHAR CANSA” [BR]
Prémio Revelação – YAMA NO ANATA/PARA ALÉM DAS MONTANHAS Aya Koretzky [PT]
Prémio da Crítica – YAMA NO ANATA/PARA ALÉM DAS MONTANHAS Aya Koretzky [PT]
Prémio dos Cineclubes – HISTÓRIAS QUE SÓ EXISTEM QUANDO LEMBRADAS Julia Murat [BR]
Prémio do Público – HISTÓRIAS QUE SÓ EXISTEM QUANDO LEMBRADAS Julia Murat [BR]

CURTAS METRAGENS

Melhor Filme – INCÊNDIO Miguel Seabra Lopes e Karen Akerman [PT/BR]
Prémio Revelação – HOMENAGEM A QUEM NÃO TEM ONDE CAIR MORTO Patrick Mendes [PT]
Prémio Especial do Júri – OMA Michael Wahrmann [BR]
Menção Honrosa Júri – QUANDO MORREMOS À NOITE Eduardo Morotó [BR]
Prémio da Crítica – OVOS DE DINOSSAURO NA SALA DE ESTAR Rafael Urban [BR]
Prémio dos Cineclubes – TELA Carlos Nader [BR]
Prémio do Público – BARBA Paulo Abreu [PT]
Prémio 2: Onda Curta – CÃO Iris Junges [BR] 
 
Jorge Pereira 



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos