Menu
RSS

 



«Three Sisters» (Três Irmãs) por João Miranda

 

Três irmãs vivem praticamente sozinhas no interior da China, nas montanhas, onde a dureza da vida se alia à pobreza e se juntam para nos fazer maravilhar quanto à resistência e capacidades humanas para sobreviver. Com a mãe desaparecida e o pai todo o dia no campo a tomar conta do rebanho, para depois ainda ter de ir trabalhar na cidade, a vida destas miúdas de 4, 6 e 10 anos é passada entre a escola e os trabalhos no campo. Aliás, todo o campo está cheio de miúdos que trabalham.
 
Wang Bing, o realizador deste filme, ficou tão impressionado com a realidade desta família quando os conheceu que quis registar as suas dificuldades. Esta é uma China pouco mostrada, onde a injustiça dos impostos ameaça a própria sobrevivência dos camponeses pobres que, incapazes de os pagar, se arriscam a ficar sem um porco ou uma ovelha, confiscados por um qualquer burocrata.
 
A força dos miúdos perante tanta adversidade, a sua disciplina em fazer os trabalhos de casa, mesmo sem apoio em casa, e o conseguirem manter parte da sua ingenuidade infantil são de tal modo que só pensava em mostrar este filme às crianças que conheço para mostrar o privilégio e excesso material nas suas vidas.
 
 
O Melhor: As crianças e esta gente que consegue sobreviver em condições tão difíceis.
O Pior: O filme é um bocado longo.
 

João Miranda
(crítica originalmente escrita em outubro de 2012)


Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos