Menu
RSS


George Miller processa Warner Bros. por ganhos sobre «Mad Max»

George Miller, realizador da saga Mad Max, abriu um processo jurídico contra a Warner Bros. O processo está no País de Gales e não nos Estados Unidos - já que a produtora tem precisamente sede em terras britânicas. 

Em causa estão 7 milhões de dólares alegadamente por pagar, referentes a um bónus pelo desempenho comercial de Mad Max: Estrada da Fúria - que acumulou mais de 378 milhões nas bilheteiras por todo o mundo.  

A Warner Bros., por sua vez, já se defendeu, dizendo que não está a dever nada a Miller, uma vez que o realizador precisou de um maior orçamento do que o previsto inicialmente, com os atrasos sucessivos na produção da película. 

Ficamos então a aguardar novos desenvolvimentos deste caso. 



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos