Menu
RSS


“É a primeira vez que vê-se um cowboy a masturbar-se”, diz Jacques Audiard no LEFFEST

Realizador francês apresentou o seu novo projeto The Sisters Brothers, que conta com John C. Reilly e Joaquin Phoenix no elenco

Jacques Audiard apresentou o seu mais recente filme no Lisbon & Sintra Film Festival. Em um Q&A com a audiência no segundo dia de festival, em 17 de novembro, o realizador conversou sobre o processo de criação da longa metragem, adaptação do livro de Patick DeWitt em que o argumento foi baseado, e a relação com as suas personagens e atores dos mesmos.

Longe de seu ambiente comum, o realizador de Ferrugem e Osso, O Profeta e Dheepan, Audiard construiu seu primeiro western e as diferenças da sua abordagem são ao mesmo tempo visual e argumentativa. A inserção neste tipo de filme surgiu depois de conhecer o livro de DeWitt, “ele faz o western com distância, ironia, mas sem cinismo”, disse Audiard. As maiores mudanças ao cânone foram a criação das personagens interpretadas por Jake Gylenhaal e Riz Ahmed.

Audiard explicou quais seriam as suas referências de western cínico: “acho que há uma tendência maioritária nos westerns pós-modernos, um género do tipo Tarantino”. Para contrapor este movimento, enfatizou o exemplo da personagem Comodoro, interpretado por Rutger Hauer, que mesmo aparecendo tão pouco no filme, torna-se uma ameaça palpável: “caso a construção de uma personagem não atinja este sucesso, não passa de um acidente cinematográfico”, alertou ele.

Sobre o trabalho desenvolvido com John C., Phoenix, Gylenhaal e Ahmed, dentro de uma esfera de desenvolvimento das personagens, o realizador lembrou que todos os filmes tem os seus problemas. “Penso que compensei isto ao doar à cada uma das duplas características específicas, por exemplo Ahmed e Gylenhaal - ao meu ver - são mais interessantes que os dois irmãos Sisters [Reilly e Phoenix], simplesmente porque tive que manter o “programa” destes dois ao longo do filme”, justificou-se.

Na contramão de possuir diversas personagens principais, existe a falta de mulheres no elenco. O realizador explicou que esta decisão foi uma escolha: “Fiz isso por conta de considerar todas as minhas personagens principais como crianças, ou seja, as mulheres ainda estariam por vir em suas histórias”, e ainda finalizou a sessão de perguntas e respostas dizendo que “é a primeira vez que vê-se um cowboy a masturbar-se”.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos