Menu
RSS


Oscars®: 8 ideias a reter sobre as nomeações

 

Foram anunciados esta terça-feira os nomeados à 89ª edição dos Oscars®. Aqui ficam 8 ideias que nos vêm logo à cabeça depois de ver as nomeações:

 

La La Land a dominar

La La Land, com 14 nomeações, foi o filme mais citado nas nomeações, igualando o número recordista de indicações de filmes como Titanic e All About Eve.

Mel Gibson está «perdoado»

20 anos depois de Braveheart ter dado que falar nos Oscars®, e depois de inúmeras polémicas devido ao seu comportamento, Mel Gibson está de volta aos nomeados pela realização de Hacksaw Ridge. Parece que Hollywood fez finalmente as pazes com o cineasta.

A «sobrestimada» Meryl Streep

Florence1

Meryl Streep pode ser "sobrestimada" para Donald Trump, mas a verdade é que a atriz conseguiu a sua 20ª nomeação por Florence, Uma Diva Fora de Tom. É recordista em termos de nomeações.

O "Silêncio" dos Oscars® a Martin Scorsese

Scorsese já foi nomeado oito vezes aos Oscars®, mas a Academia de Hollywood mostrou-se indiferente ao seu novo filme. O drama recebeu apenas uma indicação, pela cinematografia.

Deadpool não é «material» para os Oscars®

Apesar de ter conseguido nomeações nos Globos de Ouro, nas guildas dos produtores e argumentistas, e apesar de promessas de Ryan Reynolds, Deadpool falhou as nomeações aos Oscars® - ficando mesmo atrás de outras adaptações de bandas-desenhadas, como Esquadrão Suicida (nomeado na categoria de Maquiagem & Penteados) e Doutor Estranho (nomeado pelos Efeitos Visuais).

 

Oscars® not so white

Depois de dois anos com inúmeras críticas à falta de diversidade racial nos nomeados aos Oscars®, que levou mesmo à famosa hashtag #OscarsSoWhite nas redes sociais, 35% dos nomeados nas categorias de interpretação não são caucasianos.  Viola Davis, Dev Patel, Octavia Spencer, Denzel Washington, Mahershala Ali, Naomie Harris e Ruth Negga estão nomeados.

 

Os filmes «também se abatem»

Há um ano atrás, Nat Parker apresentava em Sundance aquele que viria durante muito tempo a ser considerado uma presença certa nos Oscars®: The Birth Of A Nation. Uma sucessão de boas críticas e prémios carimbaram no início do ano o fulgor da obra, que supostamente caminharia facilmente até aos prémios da Academia. Quando ressurgiu na imprensa uma notícia de uma alegada agressão sexual em 1999 por parte de Parker, e se consolidou o fracasso nas bilheteiras do filme, The Birth Of A Nation desapareceu do «radar» e foi ignorado totalmente nos Oscars®.

Outro tipo de diversidade...

Muito se fala de diversidade racial nos Oscars®, mas pouco se diz sobre a diversidade nos nomeados de atores que não pertençam à esfera anglo-saxónica. Se notarmos bem, nas últimas edições dos prémios da Academia, são escassos os nomes cuja origem não é os Estados Unidos da América, o Reino Unido, o Canadá ou a Austrália. O somali Barkhad Abdi (2014), a sueca Alicia Vikander (2016) e as francesas Emmanuelle Riva (2013),  Marion Cotillard (2015) e Charlotte Rampling (2016) são raras exceções. Isabelle Huppert é a senhora que se segue, tentando imitar o seu colega Jean Dujardin, que foi nomeado e venceu o Oscar de Melhor Ator em 2012.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos